Foi esta semana publicado o calendário do Mundial de Ralicross, um Campeonato que se realiza pela primeira vez no próximo ano.

 


Além deste Campeonato do Mundo FIA de Ralicross, também continuará a existir o Europeu da modalidade. Além desta novidade, mais algumas irão acontecer, não estando ainda publicadas.
Quanto à "nossa" prova, a de Montalegre, será ela que abre os Campeonatos. Pelo calendário publicado pela FIA, e pelo promotor do Campeonato, a jornada de Montalegre não consta como pontuável para o Campeonato da Europa, quanto aos Super Car, mas só para o Campeonato do Mundo. Aliás, o mesmo acontece com mais algumas, como são o caso da Suécia, França e Finlândia. Uma situação estranha, principalmente quanto às duas primeiro referidas - Suécia e França - bem, como a Montalegre, pois foram das provas mais pontuadas este ano. Suécia foi considerada como a mais bem organizada, seguindo-se França, Áustria e Portugal (Montalegre). E são estas provas que não pontuam para o Europeu de Ralicross, nos Super Car. Aliás, a Áustria para nenhum dos Campeonatos, estando definida como prova reserva. Até porque há circuitos que estão dependentes de homologação.
Uma das novidades, que julgamos vai acontecer, é haver dois Campeonatos do Mundo nos Super Car. Um para condutores e outro para equipas. Pois parece que este ano, o promotor, vai exigir que haja equipas de dois carros, para pontuar para o mundial. Com esta situação, este Campeonato passará a ser ainda mais profissional, pois os custos de participação vão subir exponencialmente. Segundo um dos pilotos do Top da classificação deste ano, serão necessários entre 400 a 500 mil euros para uma participação neste mundial, que só diz respeito aos Super Car.
Especulando um pouco, pois os regulamentos não são ainda conhecidos, talvez Montalegre, relativamente ao Europeu, não pontue para o Europeu de Equipas, mas somente para um de condutores. E quando referimos Montalegre, referimos da mesma forma a Holjes e Lohéac. Mas isto, somos nós a "dizer".
Algumas coisas são certas. Montalegre foi a quarta prova mais pontuada este ano, vai receber os Campeonatos do Mundo e da Europa de Ralicross, nos dias 3 e 4 de maio do próximo ano. E se por alguma razão ainda não conhecida, não pontuar para o Europeu nos Super Car, seguramente pontua para o Mundial.
Quanto às provas fora da Europa, vão ser Córdoba, na Argentina, Quebeque, no Canadá e Istambul, na Turquia, que será a da Ásia, para assim o promotor referir que se disputa em três continentes.
São 12 provas, distribuídas por sete meses, com nove delas a ter lugar na Europa. De realçar, neste continente, a estreia de Franciacorta, em Itália
Maio
3-4 // Portugal // Montalegre
24-25 // Great Britain // Lydden Hill *
Junho
14-15 // Norway // Hell *
28-29 // Finland // Kouvola
Julho
5-6 // Sweden // Holjes
12-13 // Belgium // Mettet *
Agosto
7-8 // Canada // Trois-Rivières, Québec
Setembro
6-7 // France // Loheac
20-21 // Germany // Estering *
27-28 // Italy // Franciacorta *
Outubro
11-12 // Turkey // Istanbul Park
Novembro
22-23 // Argentina // Cordoba/Missones
*provas que pontuam para o Europeu de Super Car

Apoios

                    

rodape_2.png
Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com