Tem sido habitual, em edições anteriores, que pilotos de Ralicross obtenham boas classificações nos Motorshow, realizados na Exponor, em Matosinhos. Mas este ano, exerceram forte domínio.


Um domínio que começou com a vitória à geral, do Compincar Team, através de Mário Barbosa, com o seu espetacular e competitivo Citroën DS3 Super Car. Barbosa e o DS3, deixaram o piloto mais próximo, a mais de 2 segundos.
Depois, na sexta posição, classificou-se Bruno Gonçalves, o virtual Campeão de Ralicross de 2015 nos Super 1600, com o Citroën Saxo Kit-car. Outro piloto do Compincar Team, que venceu entre os carros de duas rodas motrizes. Intrometeu-se na luta dos trações total.
Na sétima posição, um “habitué” dos Motorshow, e mais um piloto de Ralicross. Foi ele Joaquim Santos, Bompiso Racing Team, com o Ford Focus. Ainda é o Campeão de Ralicross com o título conquistado na temporada passada.
Ainda classificados, em nono e décimo, aparecem Ricardo Soares, com o Citroën Saxo S1600, e João Sousa, com o Peugeot 306 Maxi. Igualmente já foram Campeões de Ralicross. Soares, Bompiso Racing Team, ainda ostenta o título, pois conquistou-o no ano transato.
Na 11ª. posição, Américo Moreira. Também ele, participou várias épocas em provas de Off-Road.
Outro nome, a mais rápida entre os pilotos do sexo feminino, foi Filipa Sanguedo. Ela, que se iniciou no Ralicross.
Entre os classificados antes da finalíssima, aparecem Pedro Almeida, 13º., que por pouco não foi apurado para derradeira final, e Hugo Lopes, em 19º.
Outro dos presentes, apurado para a Super Final como piloto estrangeiro, e na qual desistiu, foi o espanhol José Blanco. Blanco que, no ano passado, foi segundo classificado No Campeonato Nacional, na categoria Super Car.

Compincar Team

Bompiso Racing Team

Apoios

                    

rodape_3.png
Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com