Realizou-se ontem, no Restaurante Caetano, no Porto, o já habitual jantar, cujo tema é o OffRoad.

 

 


Um jantar em que estiveram presentes quase seis dezenas de convivas e que foi mais uma festa, que muitos fizeram durar até bem depois da meia-noite.
Entre os muitos presentes, encontravam-se Francisco Fidalgo, o diretor das FPAK para o Off-Road, e Carlos Cruz, do Demoporto, um clube que em 2017 organizou uma prova de Off-Road e que, este ano, deverá organizar outra. Esta, candidata aos Campeonatos de 2019.
Findo o excelente jantar, o responsável por estas linhas proferiu algumas palavras, começando por agradecer a presença de todos.
Pouco depois, seguiu-se a entrega dos “Pezudos”, conforme estava anunciado.
Primeiro, a Francisco Fidalgo e Carlos Cruz, para que ficassem com uma recordação da sua presença nesta. Depois, foram conhecidos os vários vencedores das várias categorias, que passamos a enunciar. Categorias essas em que os pilotos foram votados, pelos seus fans.
Na Categoria Rookie de Kartcross, a classificação foi, e por esta ordem, Rogério Sousa e Hélder Fernando Ribeiro. Interessante, é que ambos correram no Kartcross cedido por Nuno Bessa, que nos acompanhou na entrega do prémio.
Seguiram-se os Rookies de Ralicross, com Pedro Magalhães (Foguete) a vencer, seguido de Rodrigo Correia a José Lameiro.
Depois, um dos “Pezudos” que não foram a votos. Um “Pezudo” chamado “Cambalhota”. O “premiado” foi João Matias.
Regressou-se aos prémios que foram a votos pelo público, os “Pezudos” de Kartcross e de Ralicross. Nos primeiros, a vitória foi de Jorge Gonzaga, seguido de Sérgio Castro e de Tiago Freitas.
Já no Ralicross, o mais votado foi Santinho Mendes, seguido por Daniel Sousa e Sérgio Dias. Faltava ser conhecida a Organização, e o “Pezudo” foi para o Clube Automóvel de Lousada, na pessoa de Jorge Simão, o Presidente do clube.
Faltavam ser entregues mais alguns “Pezudos”. Estes, tal como o “Cambalhota”, não foram a votos, foram escolhidos pelos colaboradores do OffRoad Portugal.
Na categoria equipas, os Pezudos foram para Nuno Bessa, Kartcross e Kaxa & Motor, Ralicross. Seguiu-se o “Pezudo” Decoração, com Nuno Bessa a voltar a vencer. Já no Ralicross, a escolha recaiu sobre Luís Morais.
Estava a chegar ao final, a entrega dos “Pezudos”. Faltava entregar um outro, que, daqui para a frente, tentará homenagear quem muito dedicou, e dedica, às nossas modalidades. Este ano, e debaixo de muitos aplausos, o “Pezudo Dedicação” foi entregue a um homem que nas últimas três décadas, dedicou a sua vida ao CAL. Foi ele Manuel Leal, que é por todos conhecido, como o Senhor Leal, do Clube Automóvel de Lousada.
A festa continuou, até perto das duas horas da madrugada.

Rookie Kx – Hélder Fernando Ribeiro, Nuno Bessa e Rogério Sousa

Rookie Rx – José Lameiro, Rodrigo Correia e Pedro Magalhães

Cambalhota – João Matias

Pilotos de Kx – Sérgio Castro, Jorge Gonzaga e Tiago Freitas

Pilotos de Rx- Santinho Mendes, Daniel Sousa e Sérgio Dias

Organização – Jorge Simão – Clube Automóvel de Lousada

Decoração – Luís Morais (Rx) e Nuno Bessa (Kx)

Equipas – Jorge Ribeiro (Kaxa & Motor) e Nuno Bessa (Kx)

Dedicação – Manuel Leal, ladeado pelos responsáveis do OffRoad Portugal

 

Direitos de autor © 2018 Offroad Portugal. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.
Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com