Várias são as novidades no PTRX, que se aplicam já no 61º. Ralicross de Lousada, prova que marca o início da temporada de 2018 e que se realiza este fim de semana..

 

 

 

 

Se começarmos a falar na Kartcross e no Super Buggy, duas coisas já foram estreadas na temporada passada, mas na Taça de Portugal. No Campeonato, isso vai acontecer em Lousada.
Se começarmos pelos treinos, esta época, passa a haver somente uma sessão de treinos oficiais. Outra novidade, é a grelha para este, que é determinada pela classificação no Campeonato. Nesta prova será a do ano passado, nas provas seguintes a deste ano. Os pilotos entram em pista, pela ordem inversa, ou seja, os primeiros serão os últimos classificados.
Depois, no Kartcross, passa a haver Joker lap. Foi ensaiada na Taça e aprovou. Além de tudo, porque vai aumentar o espetáculo, numa modalidade radical, onde as finais estavam a perder espetáculo. Também estas, as finais, viram o número de pilotos a ser reduzido para um máximo de 15. Poderão se três finais, A, B e C, dependendo no número de pilotos classificados, apos as três corridas de qualificação.
Mas, se o número de pilotos foi reduzido, o contrário aconteceu quanto ao número de voltas. Foi aumentado em uma, tanto nas qualificações como nas finais.

Ralicross, com mais “coisas” novas
No Campeonato de Portugal de Ralicross, as novidades são mais.
Começam pelo acesso aos treinos. Tal como nos monolugares, serão pela classificação no Campeonato, mas os primeiros classificados, serão os primeiros a entrar em pista.
Quanto às corridas de qualificação, passam a ser quatro, indo de encontro ao desejo da maioria dos pilotos. Destas, para acesso às finais, pontuam as três melhores. Já para os pontos no Campeonato, após as mangas, são considerados os quatro resultados.
O acesso às grelhas de partida, que é outra novidade, será pela seguinte forma. Na primeira corrida, será a classificação dos treinos. Já na segunda, a classificação da primeira. Para a terceira, a da segunda. Como tal, a classificação da penúltima corrida, dará a grelha da quarta.
Quanto às grelhas de partida, serão formadas na pré-grelha, tendo em conta os pilotos que nela se apresentem. Desta forma, não haverá séries com menos de três pilotos, a não ser que esta número não seja atingido quanto a participantes. Também a diferença entre as séries, nunca poderá ser maior do que um.
Outra novidade, tem a ver com publicidade obrigatória, Além da do organizador, agora também há a do Promotor, tal como em outras modalidades. Este ano será relativa à Toyo Tires, que é quem patrocina o PTRX, e terá de ser colocada no topo do para-brisas.
Estas são as principais novidades. Certamente irão aumentar, ainda mais, o espetáculo.

 

Direitos de autor © 2018 Offroad Portugal. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.
Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com