O Ralicross de Paredes-Baltar, prova extra e candidata aos Campeonatos de 2020, conseguiu uma razoável Lista de Inscritos.


Não são muitos os inscritos, mas há promessa de espetáculo, em várias categorias, pois estão bem preenchidas. E seguramente que vamos ter boas corridas, no circuito de Baltar, numa prova que marca o regresso deste traçado de Ralicross.
Entre os inscritos, há que salientar algumas estreias, uma delas na Iniciação. Referimo-nos a Jorge Rafael Rego, que resolveu antecipar a sua estreia no Ralicross. 
Entre os outros, há que referir a presença de Olavo Ribeiro, o piloto/preparador, que regressa com o Toyota Corolla que aluga ao jovem André Monteiro. E André estreia um Toyota Starlet.
Depois, também o regresso de José Lourenço, nos Super Car. Uma categoria onde está Daniel Pacheco.
Na A1.6, uma estreia, a de Alfredo Moreira, com um Fiat Uno, e a primeira prova, deste ano, de Jorge Costela.
Na Nacional, uma boa lista, com vários candidatos a vencer e com José Eduardo Queirós a regressar à categoria onde se iniciou na modalidade.
E ainda, mais duas estreias. A de Daniel Teixeira, com um Renault Clio e a de Joaquim Melo, com um BMW. Uma categoria, esta Nacional, que conta com as presenças de Paulo Sousa, que tudo fará para vencer em casa, e a de Adão Pinto, que não foi a Mação, mas não deixará de ir a Baltar.
Sem estreias, mas com um bom lote de pilotos, embora não muito numeroso, vai ser a rainha da jornada. Referimo-nos à Super 1600, onde cada manga, vai ser uma final. André Sousa, Rogério Sousa, José Eduardo Rodrigues e Joaquim Pacheco, são os candidatos a vencer.
Falta falar do Kartcross, onde também há estreias, um bom lote de pilotos, com andamentos idênticos, que são uma promessa de espetáculo.
A estreia é a de João Ribeiro, o bi-Campeão de Ralicross, Super 1600. Como referimos, não tem o Saxo pronto, mas não quis deixar de participar na “sua” prova. Vai correr com o HN Sport, cedido por Nuno Bessa.
São vários os fatores para que o Clube Trilho do Norte, não tenha conseguido uma Lista de Inscritos, um pouco maior. Mas dois deles, são os mais fortes.
Por exemplo, o facto de dentro de 15 dias, haver uma jornada pontuável para os Campeonatos de Portugal, a de Montalegre. Por outro lado, vários carros ainda não estão curados, das mazelas de que foram alvo, em Mação. Basta referir o caso de João Ribeiro, o Campeão em título da Super 1600, que vai competir, mas com um Kartcross, e não com Citroën Saxo que ainda não está totalmente recomposto.
Uma palavra para o Clube Automóvel de Lousada, que apoia o Clube Trilhos do Norte, nesta candidatura aos Campeonato do próximo ano.
Não falte a esta jornada e, com a sua presença, ajude o Clube Trilhos do Norte a “levá-la” até aos Campeonato de Portugal de Ralicross, Kartcross e Super Buggy, do próximo ano. Até porque os valores dos ingressos, são bem agradáveis. As senhoras não pagam. E para os homens, os bilhetes custam 5 euros no sábado, 8 no domingo e 10 nos dois dias.

Lista de Inscritos - AQUI

Cartaz da prova

rodape_3.png
Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com