Apoios

Kevin Hansen venceu no sábado e o seu irmão mais velho, Timmy, no domingo, na estreia do Titans RX International Series, em Montalegre.


Duas vitórias para o Team Hansen, que leva os dois irmãos, Kevin e Timmy aos primeiros lugares desta International Series, chamada Titans RX. Kevin saiu de Montalegre com uma liderança, que já era sua, confirmada, enquanto Timmy regressou ao segundo posto, embora empatado com “Topi” Heikkinen.
Lembremos que os carros, os PanterasRx6, são todos iguais, com exceção da carroçaria.
De realçar a participação de Armindo Araújo, como convidado, um dos chamados Wildcards. Os outros, eram o espanhol Ivan Ares, e o holandês Tom Coronel. Araújo brilhou, mas a sorte não esteve do seu lado.

O dia de Kevin
No sábado, o finlandês Toomas Heikkinen começou por vencer a primeira manga, seguido de irlandês Craig Breen, piloto do WRC. Kevin Hansen foi segundo. Armindo Araújo, ficou na 10ªa posição.
Segunda qualificação, com o jovem sueco Kevin Hansen a superiorizar-se, a Heikkinen. Breen repetiu o terceiro lugar.
Nesta qualificação, há que realçar o excelente quinto posto de Armindo Araújo, o vencedor da sua série.
Seguiu-se a derradeira qualificação, que iria ditar os apurados para a final. Heikkinem repete a vitória da manga inicial, seguido pelos irmãos Kevin e Timmy Hansen, nas posições seguintes.
No quarto posto, um excelente Armindo Araújo, a provar os dotes de condução que todos lhe reconhecem e a bater pilotos muito mais experientes, nesta disciplina em que se estreava. Apurou-se para a primeira meia-final e logo na primeira linha, ao lado de Heikkinen.
Na segunda meia-final, a primeira linha tinha Kevin Hansen e Craig Brenn.
Tudo pronto para a primeira meia-final da tarde e os olhos estão postos em Armindo Araújo, depois de três qualificação em que o piloto de Santo Tirso brilhou.
Mas nem tudo corre bem. Luz verde acende, todos partem, menos Araújo que fica parado na grelha, com o motor do carro desligado. Tinham corrido mal alguns procedimentos, necessários para a partida. Consegue arrancar, mas muitos segundos depois.
A meia-final é ganha por Heikkinen, seguido de Timmy Hansen e do britânico Andrew Jordan. Armindo Araújo tenta recuperar, roda no segundo 40, no qual só entraram Heikkinen e Hansen, mas as seis voltas não lhe permitiram mais do que o sexto posto.
Na outra meia-final, é Kevin Hansen quem vence, seguido do espanhol Ivan Ares e de Craig Breen. O piloto da Corunha, Ivan Ares, Campeão de Espanha de Ralis em 2017 e que também compete no Kartcross, onde já conquistou títulos. Nesta modalidade, corre com um Semog.
Na derradeira corrida da tarde, a luta é muitas pela vitória. Kevin Hansen comanda, com Heikkinen muito próximo. Numa das voltas, no final da reta, Heikkinen trava muito tarde e sobe a traseira do Pantera RX de Kevin. Perdem tempo com esta situação, Heikkinen tem de travar para voltar a colocar as quatro rodas no chão. Perde, depois, mais duas posições, para Andrew Jordan e Timmy Hansen, que terminam nas segunda e terceira posições. Azar para Ivan Ares Roel, que fica parado na segunda volta com problemas mecânicos. Ele que bem poderia ir ao pódio.
Kevin foi o vencedor e confirmou a sua liderança no Titans Rx, após a quinta prova.
Classificação final

Kevin Hansen

Andrew Jordan

Armindo Araújo

 

rodape_2.png

Rx-Kx-SB na Federação

FPAK

Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com