Apoios

Joaquim Machado venceu a Super 1600, prova suporte ao Titans Rx e que foi disputada em três corridas de qualificação, em vez das habituais quatro.


Com os intervalos, demasiado extensos, entre as corridas do Titans RX, bem a categoria Super 1600, poderia ter seguido as regras do Campeonato, no que diz respeito ao número de qualificações (quatro). Certamente que o público agradeceria.
Não houve treinos oficiais, pelo que a grelha da primeira corrida, foi feita por sorteio.
Na primeira qualificação, assistiu-se à vitória de Mário Teixeira, Ford Fiesta, a quem nem duas passagens pela Joker lap, pois fez falsa partida, impediram de vencer. Seguiram-se Rogério Sousa, Ford Fiesta, Joaquim Machado, Peugeot 208, André Sousa, Peugeot 207, e Celmo Guicho. Este a reaparecer no Ralicross, com uma Citroën C2, alugado à Simpa Racing. Esperemos que continue.
Segunda manga e a vitória é de Rogério Sousa, seguido de Mário Teixeira e de Celmo Guicho. André termina ainda na quinta volta, mas atrasado devido a uma certa confusão, com toques à mistura, que aconteceu na esquerda de terra do circuito. Nesse local, ficou parado Joaquim Machado.
Terceira e última manga, com a vitória a voltar a sorrir a Mário Teixeira, seguido por Joaquim Machado, Rogério Sousa, André Sousa e Celmo Guicho. Uma manga bem disputada em que as diferenças foram mínimas, entre os pilotos.
Faltava a final., para se saber que seria o vencedor. Mário Teixeira tinha a pole, com Rogério Sousa e Joaquim Machado também na linha da frente. Depois, estavam André Sousa e Celmo Guicho.
Luz verde a acender (as partidas foram dadas pela luz verde e não pelo apagar da vermelha) e é Rogério Sousa quem fica na frente. Depois da primeira viragem, continua a liderar, seguido por Mário Teixeira, André Sousa, Joaquim Machado e Celmo Guicho. Passam assim no final da primeira volta.
Pela Jojer lap, na segunda volta, passam Joaquim Machado e Celmo Guicho. Na frente, continua Rogério Sousa, muito pressionado por Teixeira. Segue-se André Sousa.
Depois da Joker cumprida, Machado vai-se aproximando dos líderes. Entretanto, Mário Teixeira passa para a frente, com Rogério Sousa a perder mais uma posição para seu irmão André. Rogério  opta por passar pela Joker e sai atrás de Celmo Guicho.
Na volta seguinte, Mário Teixeira e André Sousa entram na Joker. Joaquim Machado fica na frente e com uma liderança folgada.
Até ao final, houve alguma confusão entre quem não via o final da reta, pois era anunciado pela locução da prova, que Joaquim Machado ainda não tinha passado pela Joker. Mas já o fizera.
Joaquim Machado venceu, com Mário Teixeira e André Sousa a acompanhá-lo no pódio. Rogério Sousa é quarto quando Celmo Guicho para no decorrer da sexta volta.
Uma prova bem interessante, esta da Super 1600, em que se andou mais depressa, do que na prova do Campeonato de Portugal, lá realizada há duas semanas.
Classificação final

Joaquim Machado

Mário Teixeira

André Sousa

Pódio – Joaquim Machado a receber o prémio das mãos de Orlando Alves (Presidente da CMM) ladeado por André Sousa (esqª) e Mário Teixeira (dirª)

rodape_3.png

Rx-Kx-SB na Federação

FPAK

Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com