Facebook

Apoios

Foi no Eurocircuito da Costilha que, no passado fim de semana, se realizou a sétima e penúltima jornada dos Campeonatos de Ralicross, Kartcross e Super Buggy.


Uma prova que teve dois dias distintos. No sábado, muita chuva, mas no domingo, o sol fez a sua aparição e o público compareceu em força.
A jornada decorreu bem, notando-se vários pormenores, que mostraram que o trabalho de casa, foi bem elaborado.
Além disso, as corridas tiveram ritmo, deram bom espetáculo e nem a muita chuva que caiu no sábado, conseguiu vencer os homens do Clube Automóvel de Lousada.
Haverá que realçar as grelhas, com o detetor das falsas partidas a funcionar e com os carros sempre bem alinhados, tal como o cumprimento dos horários. Só alguns imponderáveis, impediram que tanto no sábado, como no domingo, as provas não terminassem dentro do previsto
Pena o que aconteceu na meia-final B, da Super 1600, e na final do Kartcross, no dia de domingo. Duas situações que levantaram várias polémicas.

Fotos OffRoad Portugal (direitos reservados)

Correia, Campeão virtual
Os primeiros a entrarem em pista, foram os Iniciados.
Nas qualificações, Rodrigo Correia, Peugeot 205, venceu três e Gonçalo Macedo, VW Polo, uma. Eram os dois primeiros na grelha da final. Ao lado, estava Gonçalo Novo, Toyota Starlet. Também apurado para a final, estava André Monteiro, Toyota Corolla, mas já não alinhou, face ao acidente na quarta corrida.
Na final, Rodrigo Correia deu poucas hipóteses aos seus adversários. Venceu e basta-lhe alinhar em Sever do Vouga, para se sagrar Campeão. Gonçalo Macedo terminou na posição seguinte, a pouco mais de 3 segundos. Foi igualmente um segundo classificado descansado, pois Gonçalo Novo completou a final a 14 segundos do vencedor.
A Rodrigo Correia bastará alinhar nos treinos oficiais, para conquistar o título. O segundo posto está a 4 pontos de Gonçalo Macedo, com Gonçalo Novo a ainda poder sonhar com ele. Tudo isto, segundo as nossas contas.

Classificação final

Rodrigo Correia

Gonçalo Macedo

Gonçalo Novo

Barata vence e dedica vitória a Daniel Nunes
Na Super Buggy, foi uma das boas provas da tarde, pela luta na final, entre Mauro Reis e Nelson Barata.
Nas qualificações, Mauro Reis, HSport TT, venceu duas e Barata, Toniauto NB, uma. Eram os dois primeiros na grelha, ainda com Ricardo Faria, Atmos Storm, na mesma linha. Atrás, Alexandre Durão, no Toniauto alugado a Barata, que se estreou nesta categoria.
Na final, Mauro Reis foi o primeiro líder, sempre muito pressionado por Nelson Barata. Quando tudo indicava que a vitória iria sorrir a Reis, Nelson Barata aproveita o facto de Mauro abrir e passa para a frente. Depois, lidera até ao final, sempre com Reis na sua traseira.
Alexandre Durão acompanha Barata e Reis no pódio. Ricardo Faria, parou no decorrer da sétima volta. Foi dele a quarta posição.
Mauro Reis continua na frente do Campeonato, agora com Barata mais próximo. Arménio Rodrigues, que não participou, é o terceiro.

Classificação final

Nelson Barata

Mauro Reis

Alexandre Durão

Pacheco nos Super Car
Daniel Pacheco, Subaru, fez uma corrida a dois, com Jorge Rodrigues, em carro da mesma marca.
Pacheco dominou toda a jornada e venceu, embora os pontos para o Campeonato vão para Rodrigues, visto que o vencedor, não está inscrito e como tal não pontua.
A próxima prova é em Sever do Vouga e há a promessa de mais pilotos.

Classificação final

Daniel Pacheco

Jorge Rodrigues

Na final, Novo recuperou até à vitória
Na Nacional, a vitória foi de João Novo, com o Peugeot 106. Uma vitória cheia de garra, conseguida após uma grande recuperação.
Na primeira curva, chegaram a par, na final, João Novo, Adão Pinto, Opel Astra, e Luis Carvalho, Peugeot 206. No final da primeira volta, era Pinto quem liderava e Novo vinha em último, depois de um toque.
Nas voltas seguintes, a liderança é de Adão Pinto, até este passar pela Joker. Quando de lá sai, fica em segundo, atrás de Novo, que por lá já tinha passado.
O terceiro foi Luís Carvalho, perto dos primeiros, seguido do reaparecido Paulo Reis, Renault Clio, que ainda teve alguns percalços nas mangas, Andreia Sousa, Peugeot 306, foi quinta. Também ela, sem sorte nas qualificações, depois de mão ter terminado duas.
Na sexta posição, um estreante, quanto ao Campeonato. Foi Vítor Silva, com um Citroën AX, que esperamos continue, na modalidade. César Fortuna foi sétimo, nesta sua terceira prova do Campeonato. Hugo Santos, Honda Civic, estava apurado para a final, mas nela não participou.
A classificação ficou completa, com Jorge Melo, BMW E30, e Nuno Génio, Opel Kadett.
João Novo passou para a liderança, seguido por Andreia Sousa e Adão Pinto. Vamos ter de esperar por Sever do Vouga, para sabermos as contas finais do título.

Classificação final

João Novo

Adão Pinto

Luís Carvalho

Andreia Sousa - Taça das Senhoras

rodape_1.png

Rx-Kx-SB na Federação

FPAK

Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com