Facebook

Apoios

É na África do Sul, no circuito de Killarney, que se realiza a derradeira prova do Mundial de Ralicross. Uma prova que dará a conhecer o Campeão de 2019.


São três os candidatos ao título, dos Supercar, obviamente. Uma dupla de irmãos, Timmy e Kevin Hansen, aos quais se junta Andreas Bakkerud. Ou seja, dois suecos, com os Peugeot 208, e um norueguês, com um Audi S1. Os três, são os únicos que podem conquistar o título.
Este ano, tem sido um dos melhores de sempre, do WRX, pois só a última prova dará a conhecer o Campeão e são três os candidatos.
O Campeonato do Mundo de Ralicross é liderado por Timmy Hansen, com um total de 187 pontos. Bakkerud está em segundo, separado pela diferença mínima. Depois, mas a oito pontos do seu irmão, está Kevin Hansen. Enquanto os dois primeiros não necessitam de ajudas externas, para se sagrarem Campeões, já o mesmo não acontece com Kevin, pois mesmo que ganhe tudo, a diferença pontual não chega para o título, ser seu.
O quarto classificado é Niclas Grönholm que, matematicamente, ainda poderá chegar aos segundo ou terceiro lugares. Mas isso só acontecerá, se Bakkerud não pontuar e a Kevin Hansen acontecer quase o mesmo. E o jovem finlandês terá de tudo ganhar, pois totaliza 157 pontos e estão somente 30 em disputa.
Será a meio da tarde de domingo, que será conhecido quem sucederá a Johan Kristoffersson e ao seu VW Polo.

Foto (arquivo) by Johnny Loix - direitos reservados

Os dois principais candidatos ao título

rodape_2.png

Rx-Kx-SB na Federação

FPAK

Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com