Excelente foi o trabalho efetuado pelo Vouga Sport Clube, para conseguirem 55 inscritos no 46º. Ralicross de Sever do Vouga.


Na jornada inicial dos Campeonatos de 2020, que se realiza no Circuito do Alto do Roçário, já no próximo fim de semana, há inscritos em todas as divisões, com algumas estreias e alguns regressos.
Nos Super Car são dois os inscritos, mas em Lousada deverão aparecer mais. Há a estreia de Frederico Santos, piloto de V. N. de Gaia, que vai competir com um Mitsubishi Lancer. Outra novidade, prende-se com Daniel Pacheco que, pelo que sabemos, quer lutar pelo título.

Super 1600
Na Super 1600, que é a atual rainha do Ralicross, estão 11 inscritos. Bonito número, que foi conseguido com os regressos de dois pilotos há uns anos afastados. O de Jorge Machado, irmão de Joaquim Machado, que vai correr com o Citroën C2, alugado a Hélder Ribeiro, e António Carvalho, o piloto da Lixa, que regressa com o Peugeot 206 S1600, carro com que já animou as nossas pistas.
Depois, são os habituais, que já correram no ano passado, entre Taça e Campeonato.
Interessante, nesta Super 1600, é que vamos ter duas duplas de irmão a competir. Joaquim Machado e Jorge Machado, como referimos, e André Sousa e Rogério Sousa.
As lutas ao milésimo de segundo, em todas as corridas, com todos a querem o título, serão uma constante.

A1.6 e Nacional
Na A1.6, são sete, com uma estreia. A do ex-Campeão dos Iniciados, Rafael Rocha, com o novo Citroën Saxo. Os restantes, são nomes já bem conhecidos do Ralicross nacional. Muitos candidatos ao título entre todos eles.
Na categoria Nacional são oito, com um regresso, que esperemos faça todo o Campeonato. O de João Oliveira, com o seu Peugeot 106. Os outros, são já os habituais, com vários candidatos a vencer.

Iniciados
Nos Iniciados, estão inscritos, quatro futuros Campeões. Rafaela Barbosa, a jovem filha de Mário Barbosa, que se estreia com um AX, e os habituais André Monteiro, Toyota Corolla, Rafael Rego, com o Peugeot 106 com que correu na Taça de Portugal, e Gonçalo Novo, com o Toyota Starlet.

Kartcross e Super Buggy
No Kartcross, uma certa surpresa pois são 20 os inscritos. Fica marcada por duas estreias, e uma mudança de categoria, além da presença de “nuestros hermanos”, dos RX01.
Duas estreias. A de João Pinheiro, nos Iniciados, com um LBS Motor Club RX01, o jovem filho do veterano José Carlos Pinheiro. A outra, a de Mário Barbosa, o piloto do EuroRx Supercar, que dispensa apresentações. Vai pilotar um ASK.
Depois, Pedro Marques que veio do Campeonato dos Rookies e vai pilotar um RX01. Também João Medina, regressa às lides com um Semog Bravo. Ausente da prova, mas inscrito no Campeonato, está Fábio Machado, o novo ASK não deve estar pronto, pensamos nós.
Na Super Buggy, são três os inscritos e, pensámos que todos pontuam para o Campeonato. Presentes dois Toniauto, os de Nelson Barata e de Miguel Mota, aos quais se junta o PG0012, com que Paulo Godinho venceu a Taça de Portugal da época passada.
Quanto a Campeões, só não estarão presentes os da Super 1600, Iniciados e Super Buggy.
Bom trabalho do VSC, pois não fosse a data em que foi conhecido o calendário, que este ano se inicia um mês mais cedo, e mais algumas situações já por nós referenciadas, bem poderia ter chegado às oito dezenas. Trabalharam para isso.
Uma prova que promete e que bem justifica uma ida ao Circuito do Alto do Roçário, em Sever do Vouga.

 

Pin It
rodape_3.png
Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com