O jovem Rafael Rêgo conquistou o título de Campeão de Portugal de Ralicross, na divisão Iniciados, uma divisão onde correm os jovens a partir dos 13 anos.

O piloto de Odivelas, falou-nos da época passada e os seus planos para 2021.
Quanto às dificuldades sentidas neste ano tão atípico, devido ao Covid. “O que mais me custou foi a ausência das pessoas que gosto. Com a pandemia, não podiam acompanhar-me nas provas”.
Rafael continuou. “De forma geral, este ano correu bem, conseguimos atingir os nossos objetivos para a época”.
No que toca ao melhor momento do ano. “Para mim o melhor momento começou por ser um momento péssimo. Na primeira corrida, em Sever de Vouga, a corrida que marcou a minha estreia no Campeonato, logo no sábado parti o motor. Mas o meu pai, incessável como sempre, não baixou os braços. Apesar de estar em trabalho no Algarve, durante a madrugada veio montar um motor, totalmente original comprado a amigos, que o desmontaram de um carro de estrada para eu correr no dia seguinte. O melhor momento foi vencer a corrida. Esse foi dos momentos mais marcantes, uma recordação que ficará para sempre, passei a acreditar que tudo é possivel, quando se tem uma equipa como a minha. O pior momento, foi por um erro meu, na segunda corrida do Campeonato em Lousada, estava a fazer uma prova exemplar, que venci. Mas para meu espanto, no final foi me retirada a vitória, por uma ultrapassagem sobre bandeiras amarelas, eu não me apercebi. Mas sim, foi um erro meu que me fez aprender para o futuro”.
No que toca a agradecimentos. “Gostaria de agradecer aos meus pais, por todas as oportunidades que me dão, de poder crescer no mundo das corridas. À restante família e amigos. Ao Jorge Sirgado e família, que são pessoas muito importantes para mim. Um muito obrigado especial à minha equipa JMR Competição, que tem feito um trabalho enorme e de respeito. E, claro, um agradecimento que é muito importante, aos meus patrocinadores. Obrigado JMR Competição, Sirgado e Sirgados, Veicomer, Xpower Repro, Arrepiado Performance Parts, United Partners Seguros, Herdade Papa Leite, JAC Carroçaria, EXT Rinchoneves Invest e Odivelas cidade Europeia do desporto, sem vocês, não poderia estar a fazer o que mais gosto. Este título de Campeão de Portugal é de todos nós”.
A época de 2021 está cada vez mais próxima, quando questionado sobre os seus projetos para este ano, o jovem afirmou. “Os projetos para 2021 ainda estão em cima da mesa. Novos desafios foram propostos e ainda estamos em fase de decisões. Continuar no Ralicross é uma hipótese, a divisão terá de ser a mesma, devido a minha idade. Quanto ao carro, para já revemos continuar com até ver será o Peugeot”.
Rafael Rêgo termina deixando um agradecimento aos seus apoiantes e votos de um Bom Ano.

Pin It
rodape_2.png
Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com