O jovem albicastrense, João Pinheiro, completou a sua primeira época de Kartcross. Inscrito numa divisão sem grande concorrência, deu luta aos pilotos consagrados.

Começamos por questionar sobre a pandemia e o seu efeito nas provas. “O facto de termos de nos restringir ao máximo ao nosso espaço, por exemplo no paddock, e de termos algumas deslocações condicionadas foram algumas das maiores dificuldades sentidas”.
Questionado quanto à época passada, Pinheiro começou por afirmar. “No geral, o balanço final da época considera-se positivo, embora tenho sido um ano atípico e com menos corridas do que estavam previstas, deu para aprender muita coisa sobre esta modalidade e evoluir”.
Pinheiro continuou. “O melhor momento do Campeonato, penso que foi a corrida de Lousada, terá sido a corrida onde consegui impor um bom ritmo logo desde início e daí ter sido competitivo ao longo de todo o fim de semana. Relativamente ao pior momento, penso que não tive nenhum momento deste género, considero como um momento menos bom, talvez tenha sido a primeira prova, em Sever do Vouga, pois foi a primeira vez que andei à chuva e causou bastantes dificuldades, por um lado considero este momento como menos bom, pelo que foi referido anteriormente, mas ao mesmo tempo considero como um momento bom, pois aprendi muito à cerca de andar em condições de chuva, o que me fez evoluir”.
No que toca a agradecimentos. “O agradecimento mais especial de todos, vai para o meu pai, pois foi ele que proporcionou tudo isto. A toda a minha equipa (Vasco Pires, João Simão, Paulo Leitão, Adelino Temudo, Paulo Fernandes, Jorge Gonçalves). A todos os patrocinadores: AB Tyres, Falken, Valvoline, JNG Pintura automóvel, Centralbat, Motoclinic, AQD Graphics, Extreme Racing Shox, XPower, Tubogal, Systema Andaimes, Systema Vical, HTecnic, WD-40, Jornal Reconquista, Escuderia CB e Energia Racing. Um agradecimento à LA Motorsport e à La Base Motorclub por todo o apoio dado ao longo da época. Um agradecimento especial também, à Nena Vasconcelos, por todo o trabalho feito na gestão e divulgação de todas as notícias ao longo da época. Por último um agradecimento a todos os que me apoiaram!
Quanto ao projeto para este ano, 2021, o jovem piloto foi direto. “Para a próxima época estamos a planear continuar no Kartcross, e continuar com o mesmo carro. Lutando pelo melhor lugar possível, até porque ainda tenho muito para aprender”.
Ainda sem regulamentos ou calendário, espera-se que o Campeonato de Portugal tenha início em março. Até lá, João Pinheiro vai fazer alguns treinos e melhorias no setup do LBS RX01, de forma a estar pronto para mais uma época.

Pin It
rodape_3.png
Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com