Já se encontra publicado no sitio da Federação, o regulamento particular da prova do 46º Ralicross de Sever do Vouga.

Muitas questões nos têm sido colocadas sobre algumas situações que acontecem no desenrolar das corridas. Vamos tentar explicar algumas delas.

Já estão em Portugal mais dois novos kartcross La Base, que dentro de um mês irão competir no Campeonato de Kartcross.

A um mês para o início dos campeonatos, muitos pilotos testam as máquinas. Rogério Sousa testou ontem.

É já nos próximos dia 22 e 23 de fevereiro que se realiza a terceira edição das 400 voltas Jaime Moura.

Dando continuidade ao artigo anterior, desta feita no relativo ao Kartcross e Super Buggy, mantendo a ideia de simplicidade e interesse do público em geral.

Quanto ao Regulamento desportivo e considerando o que poderá do interesse do público em geral, deixamos algumas explicações para esta época.

Chegamos à divisão que é considerada por muitos a divisão rainha do nosso Ralicross, de facto, considerando a qualidade das viaturas em pista, o número de concorrentes e as diferenças de tempos entre eles, esta é sem dúvida a divisão mais aclamada pelos adeptos.

O Campeonato de Portugal de Kartcross parece que vai estrear várias viaturas novas. Quanto aos números de concorrentes, infelizmente, espera-se um decréscimo.

Depois de um ano em que os Super Car foram a grande ausência nas nossas pistas, com Sever do Vouga a ser a honrosa exceção.

 Nacional A1.6 parece que irá continuar em bom ritmo, embora com algumas ausências.

Pelas respostas que obtivemos dos concorrentes da época anterior, parece que este ano será um ano mau para a Nacional.

rodape_2.png
Go to top
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com